BMX | FUNDO DE AÇÕES | SÃO PAULO

O Fundo de Ações Locais (FAL) é um edital que visa promover a bicicleta em São Paulo por meio de financiamento de iniciativas de mobilidade urbana ativa e estímulo à bicicleta. Organizado pela Ciclocidade - Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo - e pelo Instituto Aromeiazero, o FAL contará com dois editais de financiamento em 2018, um de R$12.000,00 no primeiro semestre e outro de R$15.000,00 no segundo semestre, totalizando um investimento de R$27.000,00.


O Fundo de Ações Locais é criado a partir do superávit na captação de recursos para o Bicicultura São Paulo 2016. Neste contexto, a Ciclocidade e o Aromeiazero além de contribuirem financeiramente para o Bicicultura Recife 2017, propõem o FAL como forma de manter, incentivar e descentralizar a bicicultura em São Paulo. “O fundo é resultado do esforço coletivo de todos os grupos de trabalho, ciclistas, grupos e entidades locais que concretizaram o Bicicultura São Paulo 2016, nada mais justo do que investir este recurso em ações e iniciativas que fortaleçam e mantenham o legado do Bicicultura na cidade”, comenta Michel Will, diretor de Cultura e Formação da Ciclocidade.


Voltado para áreas com altos índices de vulnerabilidade social, em especial, para as regiões periféricas da cidade, o FAL busca contemplar propostas que atuem no fortalecimento de grupos, pesquisas, projetos de comunicação e de empreendedorismo através da bicicleta, além de ações afirmativas de minorias étnicas, religiosas, de gênero, de sexualidade, linguísticas, físicas e/ou culturais. Podem participar do  edital pessoas físicas, coletivos e grupos não formalizados, pequenos empreendedores (MEI e ME), e pessoas jurídicas sem fins lucrativos e não governamentais.


Cadu Ronca, Diretor Geral do Instituto Aromeiazero destaca a relevância da criação deste Fundo: “A importância do FAL é descentralizar e ampliar o acesso a recursos para fomentar ações  de mobilidade ativa fora do centro expandido. Existem boas iniciativas nestas regiões, mas os apoios financeiros são mais restritos. Com esse incentivo, ideias de grande impacto comunitário podem ganhar força para sair do papel articulando as  pessoas das  áreas onde serão realizadas em torno de um importante debate para a sociedade”.


A seleção das propostas apresentadas será feita pela Comissão de Curadoria do Fundo de Ações Locais, composta por cinco integrantes, sendo  três pessoas com envolvimento na área de ciclomobilidade, e duas pessoas com experiência em áreas correlatas, como atividades culturais, esportivas, dentre outras.


As inscrições poderão ser feitas a partir de 30 de janeiro até o dia 21 de fevereiro de 2018 no endereço www.aromeiazero.org.br/fal. O resultado será publicado nas redes sociais da Ciclocidade e do Instituto Aromeiazero no dia 26 de março.

Mais informações com o rider Michel Will ( whats 11 96644-3260 )


0 Comentário(s)

Deixe um Comentário
Todos os campos são obrigatórios. Seu email não será publicado.

Calendário de Eventos

Facebook

Instagram